Eu me apaixonei por um sorriso

E não tive como controlar, foi mais forte que eu. Quando me dei conta, já estava totalmente envolvido, entregue, encantado por esse seu jeito doce de sorrir…

Não tinha como ser diferente.

E olha, preciso te dizer uma coisa: Tenho um coração todo arisco. Acontece que já passei por decepções muito amargas e me acostumei a ficar assim meio na defensiva, sacou?! Isso não quer dizer que vou fugir de você… Só quero que saiba que o seu sorriso me despertou uma coragem apaixonada. Uma vontade de conquistar todos os sonhos do mundo…

Sorrisos são mágicos.

Talvez eu esteja muito próximo da cura.

E decidi que não vou fugir. Vou ficar e pagar pra ver… Mas preciso que o seu coração seja sincero. A luz de um sorriso se esvai quando o coração mente.

Entende o que quero dizer?! Não estou pronto para mais uma ilusão. Se você só está afim brincar de amar, por favor, eu te peço: Vá embora.

Sorrisos são perigosos quando nascem na mentira…

Essa é minha última tentativa, então valorize, não brinque, leve a sério, fique comigo de uma vez. Tudo isso só para dizer que estou na sua. Aconteceu… Sem que eu pudesse evitar. E agora estou assim, refém desse teu riso. Sou capaz de ir até o céu se for preciso… Só para te ver sorrir…

Tudo isso pode ser clichê, romântico demais, açucarado exageradamente, mas meu jeito de amar é assim. E acho que o seu também. Meu sorriso se encaixa no seu de um jeito intrigante e perfeito… Eu não estava pronto, mas aconteceu. E agora estou aqui. Sou seu.

E se tudo isso for invenção dessa nossa cabeça apaixonada pela ideia de amar?! Não tem problema… O que importa é que seremos felizes do nosso jeito. Definitivamente felizes. E acredite, vez ou outra vou me pegar rindo sozinho, lembrando de você e desse nosso tempo…

 

Pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e escritor se fundem no que ele escreve. Conheça o blog: www.hugoribas.com.br

Comments

comments

Talvez você goste de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *