A pior prisão é criar expectativas

Às vezes, a gente sequer consegue superar as expectativas que criamos sobre nós mesmos, que dirá então sobre os outros.

E talvez o grande erro seja esquecer de deixar a vida fluir assim, naturalmente, e livre de qualquer tipo de pressão que possa nos aprisionar.

Tenho a impressão de que quanto mais expectativas criamos, mais ansiosos, amargurados e infelizes vamos nos tornando.

O hábito de criar tantas expectativas não nos permite perceber que as pessoas não têm a obrigação de viver de acordo com as coisas que esperamos delas.

Cada um é livre para fazer o que bem entender, independentemente se as escolhas delas forem positivas ou não para nós.

Eu aprendi na base de muitas decepções que o excesso de expectativas criadas sobre os outros, causam dores e sofrimentos desnecessários apenas para mim.

E desde que optei por me libertar desta que, considero ser a pior de todas as prisões, venho obtendo doses regulares de paz e sossego.

Paraibano, escreve nas redes sociais desde 2010 e é autor do livro “Talvez não seja tarde”. Jey encontra na escrita a sua válvula de escape e é na simplicidade das palavras que ele extravasa todo o seu sentimento.

Comments

comments

Talvez você goste de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *