Você foi embora, mas deixou lembranças

Os dias passam cada vez mais rápido. Não tenho tempo pra muitas coisas, tô bastante ocupada buscando realizar meus sonhos. Mas incrivelmente, cinco minutos livres se transformam em viagens. Até você. Penso em como fomos, em como poderíamos ser. Em como não somos.

Me preocupa saber que nesse vai e vem do dia a dia, na monotonia da vida a gente se esquece cada vez mais. Eu não tenho mais fotos suas. Quando penso em você, nem sei se é mesmo o seu rosto. Eu não me lembro mais de todos os detalhes.

Tudo que lembro é do teu sorriso doce. Do teu abraço apertado. Do seu beijo esquisito. E lembro também do quanto eu quis que desse certo. Eu quis, talvez você não saiba. Mas eu quis.
Sabe aquela sensação de coração aquecido? Não sei explicar, e ainda que soubesse, você não entenderia. Mas é assim que eu me sinto com qualquer vestígio teu. Uma palavra, uma música, um cheiro, ou até ouvindo teu nome. Meu coração aquece, encolhe, salta.

Me pergunto se você pensa em mim de vez em quando, por alguns segundos, pelo menos. Até agora não obtive respostas, mas tudo bem. Me acostumei a ver minhas pretensões irem embora junto com todos os outros casos, descartados no meio de uma página da minha história. Às vezes até mesmo no meio de uma frase. O que para mim era um começo, para eles já era o clímax muito perto do fim. Mas vou deixar eles para lá. Aprendi depois de muito tempo a deixar para lá. Algumas pessoas simplesmente não se envolvem. Tudo bem, mas para mim essa regra era apenas para os outros. Não se aplicava a você.

Às vezes me perco em multidões só buscando o teu rosto. Mas como te achar se você nem tá aqui?

Por isso, tento te fazer voltar a realidade por meio das minhas palavras. É a forma que eu tenho de te tirar da cabeça e colocar no mundo real. Mas não adianta. Eu não sei porquê.

Só sei que sinto sua falta ao me enxergar nos espelhos do banheiro, porque vejo a face que você costumava achar “tão linda”. Eu sinto sua falta porque você me fez sentir uma alegria extraterrestre. Eu sinto a sua falta porque a única coisa que você me deixou foi essa lembrança maravilhosa, que por ser tão maravilhosa, me faz não conseguir te esquecer.

 

Taurina, viciada em Greys Anatomy e Taylor Swift, estudante de direito por obrigação e escritora por amor.
Dona do Palavras e Clichês

Comments

comments

Talvez você goste de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *