Você é a bagunça mais linda que eu não vivi

Eu esperei, e por mais que meu coração queira ficar contigo chegou a hora de partir. Vou arrumar e dar ordem a essa bagunça que fiz com meus sentimentos, mas não vou tentar te esquecer, ou melhor, esquecer aquilo que inventei.

Deixei nossos abraços guardados nas lembranças boas e aquelas conversas entre nossas despedidas… bem essas gravei dentro de mim pra que vez ou outra, eu possa colocar pra tocar. Tua voz me traz paz, você é a bagunça mais linda que eu não vivi.

Eu vou me despedir aos poucos, mas é difícil porque tudo me faz lembrar de algo que vivemos e inventamos em uma de nossas conversas aleatórias no intervalo, hoje por exemplo, assisti a um filme daquele seu diretor favorito (Tarantino), e bem, eu logo quis te mandar uma mensagem e contar o que mais gostei, mas desisti enquanto escrevia pois lembrei que estou tentando te esquecer. É complicado porque meu coração pede pra ficar, mas ele não entende que eu não posso lembrar de quem não se lembra de mim, pelo menos não como eu queria.

Eu me lembro quando juramos de dedinho que íamos dar um jeito nessa bagunça com nossos sentimentos, me lembro também de como era fácil antes dela, antes de sentir, mas sabe eu acho que desde nosso primeiro “oi”, já existia algo em nossos inconscientes, eu só preciso descobrir como fazer pra colocar tudo lá dentro de novo.

Eu tô bem, hoje eu guardei alguns cds na mala e aqueles nossos abraços, também tomei um suco de uva enquanto ria lembrando de como nos dávamos bem. Devagar vai dando tudo certo, mas enquanto isso eu vou andando e sorrindo por aí e dessa vez vou pegar um mapa e traçar uma nova rota, porque eu sempre acabo perdida em você.

 

Quando nasceu, já era verso. 21 anos depois vem se fazendo poesia, se reescreve a cada dia. Ela se doa a cada linha que escreve. Apaixonada por paçoca e frapê de caramelo e por detalhes que a vida lhe proporciona. Cursa psicologia, sonha viver de literatura. Giovanna é poesia rabiscada e relida a cada dia.

Comments

comments

Talvez você goste de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *