O tempo passou e agora você está bem

Você levou um puta susto, eu sei. O seu castelo de areia desmoronou assim, do dia pra noite, e você não teve tempo de fazer nada para evitar. Não foi nada fácil reconstruí-lo, não é?! Antes disso você teve que suportar as dores da mágoa e da saudade… Teve que lidar com a ausência de respostas para perguntas excessivamente amargas. Nas noites frias e vazias, os questionamentos cutucavam o seu sono e não te deixavam dormir. Por que sentir saudades de quem te abandonou com uma facilidade assustadora?! Aliás, por que este alguém foi embora?! Será que tudo não passou de uma invenção dessa cabeça apaixonada pela ideia de amar?! Qualquer resposta era insuficiente… Tudo o que te restava eram lágrimas e vácuos.

Até que um dia, quando a dor desse amor perdido atingiu o ápice do desespero, você simplesmente decidiu se reerguer. As sombras foram se dissipando à medida que a luz do sol rasgava toda a escuridão daquela madrugada fria em que você vivia. Já era tempo de você ficar bem… Não pelos outros, mas por você… Porque você sabia que merecia conquistar a felicidade, independente das tristezas e irrealizações pelas quais passou.

É… Você ultrapassou muitos limites para chegar onde chegou. Reconstruir castelos é trabalho para os fortes, para aqueles que não desistem de amar, para quem gosta de sonhar e, acima de tudo, para quem gosta de realizar esses sonhos. Vivê-los de corpo e alma. Agora você está bem. A vida corre nas suas veias e faz a sua alma sorrir, porque você é mais forte que o abandono. Você está acima de carências e não está afim dessas relações cheias de superficialidades e ilusões.

Você está com o coração pronto. Agora chegou a hora de abrir todas as portas e deixar que esses sonhos de amor voltem a fazer parte da sua vida. Chegou a hora de esbarrar em algum destino que encaixe perfeitamente no seu.

Quero que essas palavras façam seu coração vibrar. Desejo, sinceramente, que elas te encham de esperança e coragem. Quando o amor bater à sua porta, destranque a fechadura e jogue a chave fora. Entregue-se. Faça diferente e não tenha medo. Não olhe para trás e, pelo amor de Deus, não fique relembrando aquelas histórias tristes pelas quais você passou, afinal de contas, elas já acabaram, estão no passado e agora você tem força o suficiente para enterrá-lo, cremá-lo e pisá-lo!

Abra o coração.

E abra os olhos também. Não se deixe levar por meia dúzia de belas palavras… Elas podem esconder péssimas intenções. Talvez aquelas decepções todas que você viveu tenham servido para você compreender que nem todas as pessoas são tão sinceras quanto aparentam. Amor não é conto de fadas. O amor nasce da admiração, do companheirismo e, acima de tudo, do respeito… Reciprocidade, já ouviu falar?!  Encante-se com as atitudes sinceras, apaixone-se pelas demonstrações verdadeiras de amor. Só abra as portas desse coração para alguém que queira te ajudar a decorar este lugar especial com as cores mais belas… Ok?!

Seja feliz, mas feliz de verdade e com alguém que valha à pena. Já chega de castelos destruídos…

Pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e escritor se fundem no que ele escreve. Conheça o blog: www.hugoribas.com.br

Comments

comments

Talvez você goste de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *