Você, a melhor amizade que Deus me deu

Sabe o que eu lembro quando penso em você? Lembro daquele dia em que você pagou meu lanche no intervalo e depois não quis receber o dinheiro. Acho que nunca te falei isso, mas a verdade é que eu estava com muita fome, muita mesmo, e realmente não tinha um real no bolso. Quando você pagou meu lanche – e obrigada por isso – me senti amada, além de importante.

Sabe qual minha primeira memória ao ouvir seu nome? As muitas vezes em que cheguei destruída na escola devido meus muitos problemas, e você estava lá, de braços abertos me esperando. Sempre achei incrível que mesmo sem saber de nada, mesmo sem eu ter lhe contado sobre meus medos, você sempre soube exatamente o que fazer, dizer e como me acalmar.

Sabe qual cor associo a você? O azul. É, isso mesmo, o azul. Escolhi essa cor porque você é como várias coisas azuis. Você é o céu claro que abre o sol sobre mim quando as coisas não estão bem. Você é o mar que agita minha vida sempre que ela começa a ficar meio sem graça. Você é os olhos brilhantes de uma criança dócil, sempre pronta a abraçar.

Sabe o que mais gosto em você? Sua voz. Meu Deus, essa voz já me deixou louca algumas vezes, afinal, vez ou outra você tagarela sobre coisas das quais eu não gosto muito, ou então decide chamar minha atenção e me lembrar de que já não sou mais uma adolescente, e que por isso preciso estar mais atenta a mim mesma. Mas essa mesma voz que vez ou outra me enlouquece, é também a voz que grita meu nome em meio à multidão para que eu não me perca, porque você sabe que eu não gosto de ficar sozinha. Essa mesma voz canta comigo músicas em inglês, e sim, nós cantamos errado, mas quem liga para isso? O que importa é que nos divertimos cantando. Essa mesma voz grita meu nome bem alto toda vez que eu me supero em algo, e fica feliz ao me ver brilhar.

Uma vez me contaram a história dos anjos-da-guarda. Disseram que eles – os anjos – caminham entre nós disfarçados de amigos para que não percebamos suas asas. Bem, se é verdade eu não sei, mas sem dúvida alguma se você for um ser de outro mundo, é um anjo. Sei que não costumo dizer isso, e que vez ou outra passo dias sem lembrar o quanto gosto de estar com você, mas vem cá, deixa eu te contar que você é a coisa mais legal que Deus pôs em meu caminho. Você é a pessoa que sempre está ali, mesmo quando eu não mereço, e isso meu bem não há dinheiro que pague.

Você que às vezes passa dias sem receber uma mensagem minha… E falando em mensagem, perdão por não te enviar “tudo bem por aí?” todos os dias. Não é falta de vontade, muito menos de consideração, é de tempo mesmo.

Você que no meu aniversário aparece com bolo, presente, cartinha, publicação, áudio de cinco minutos, e que ainda fica se desculpando por não ter feito mais. Você que me empurrou em cima do crush para ver se ele tomava iniciativa. Você que comeu só metade do lanche e deu a outra parte para mim. Você que fez a minha parte do trabalho porque sabia que eu não iria conseguir. Você, você que é a resposta da oração que a minha mãe fez pedindo a Deus que coloque boas pessoas em meu caminho.

Você que nem cabe em um texto, de tanto que há para contar. Você que por vezes passa dias sem me ver, e que quando me encontra corre para o abraço, diz “olá” sorrindo, e começa a conversar como se tivéssemos almoçado juntos ontem. Você que já perdoou minhas pisadas na bola, que já me ajudou a contar uma mentirinha, que segura a barra por mim quantas vezes for preciso.

Você que sabe meu sabor de sorvete favorito, a cor da qual mais gosto, as músicas do meu celular e as roupas que não ficam bem. Você que me ajuda a escolher a melhor cor para o esmalte, que usa o mesmo batom que eu, que já arrancou a tampa do dedão jogando futebol comigo, que já me ajudou a empurrar o carro. Você que almoça na minha casa, que senta no chão para comer salgado, que reclama que a Coca-cola está sem gás mas continua bebendo. Você que me empresta R$ 1,00 todos os dias, e que quando precisa, também toma emprestado.

Você que me inspirou a escrever esse texto. Você que de tão bom amigo, me fez lembrar de milhares de momentos ao ler cada linha. Você que sempre vai estar ao meu lado, mesmo estando a milhões de quilômetros de distância; porque amigo a gente leva no peito, guarda na saudade e esconde na alma. Não há fronteira capaz de separar mãos que caminham unidas.

À você que colore meus dias, muito obrigada. Obrigada pelo que já fez e pelo que ainda irá fazer. Obrigada pelas broncas, pelos empurrões, pelas palavras de conforto, pelas risadas e selfies. Obrigada por me ajudar a crescer. Sem dúvida alguma a vida acertou quando decidiu dividir um só coração entre dois corpos. Afinal, depois que nos conhecemos batemos no mesmo compasso, e isso é o que faz tudo valer a pena todos os dias.

Ela é a menina que grita em silêncio, e desenha em palavras o uni-verso. A Deus tudo atribui e, dele, tudo recebe. Sempre flutuando em outros mundos, mas com os pés fixos neste aqui. Como canta Ana Carolina: “é que eu sou feita pro amor da cabeça aos pés, e não faço outra coisa se não me doar”.

Comments

comments

Talvez você goste de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *