Você precisa conhecer a série “Please Like Me”!

Please Like Me é aquele tipo de série que quando você não se identifica, você, no MÍNIMO, para e reflete sobre algum assunto. A série não apresenta um universo mágico com vários efeitos especiais, muito pelo contrário, trata de situações mais cotidianas e de temas sociais com importância elevadíssima, como por exemplo, a depressão, a aceitação e a homossexualidade.

Vale destacar que a série é australiana (sim, australiana), já foi finalizada com suas 4 temporadas (todas disponíveis na Netflix) e tem como criador/diretor/produtor/ator/mil-outras-funções, o querido Josh Tomas (muitos fatos da série são baseados na vida dele), que provavelmente, assim como eu, você vai se apaixonar e querer acompanhar ainda mais o seu trabalho. Muitos consideram a série como pertencente do segmento “drama”, mas cabe dizer que tem muito humor envolvido, é o equilíbrio perfeito entre tensão e comicidade.

A história gira ao redor da vida de Josh, seus descobrimentos e seus laços de relacionamento, te envolvendo de uma forma que, ao final, você vai implorar pela existência da vigésima temporada. Como um bom futuro estudante de cinema, não pude deixar de notar a questão da fotografia e suas peculiaridades, como é o caso da abertura da série, sempre muito divertida e diferente (me arrisco dizer que é o melhor formato de abertura que já assisti), além da trilha sonora, que é maravilhosa!

Sem muitos spoilers, vamos ao trailer:

Olhem essa playlist com a trilha sonora!

E pra quem quiser, um canal reuniu todas as aberturas dos episódios da primeira temporada em um único vídeo, saca só:

Já assistiu à série? Conta pra gente o que achou aqui nos comentários e melhor, indica também alguma outra que você ama. Até o próximo post! (;

Não tantas primaveras, mas muitas histórias. Carioca, futuro estudante de cinema, youtuber, fotógrafo nas horas vagas, escritor em outras, e pai de um bulldog francês, o Frederico. Apaixonado por compartilhar sentimentos em forma de imagens e de adquirir conhecimento sobre mil mundos. Se você se identifica, garanto que vai gostar de me acompanhar nas minhas redes sociais, te vejo lá!

Comments

comments

Talvez você goste de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *