Se você sentir que a pessoa não está mais encontrando paz ao teu lado, então é hora de deixar ir

Decisões. Escolhas. Tudo ou nada.

É extremamente delicado optar por abrir mão de uma coisa que o seu coração ainda não aprendeu a viver sem. Mas, a vida é também feita de perdas. E a gente tem que aprender a lidar com elas.

Não podemos obrigar no sentir do outro. Não podemos obrigar ninguém a permanecer em nossas vidas. Não podemos simplesmente achar que tudo deve acontecer ao nosso modo, em detrimento do nosso medo. Deixar ir, às vezes, é o maior ato de amor que praticamos. Porque, no fundo, a gente sempre percebe quando a pessoa não está mais desfrutando da felicidade conosco, mesmo que o nosso coração grite o contrário.

Aprisionar alguém e se aprisionar junto numa relação que não consegue mais ter momentos de paz é um sofrimento desnecessário.

Há dores que machucam bastante para nos fazer mais fortes, não tenha dúvidas disso. Quando sentir que o limite de tentativas se excedeu, desista. Pois pior do que perder uma batalha, é lutar sabendo que não chegará a lugar nenhum.

Paraibano, escreve nas redes sociais desde 2010 e é autor do livro “Talvez não seja tarde”. Jey encontra na escrita a sua válvula de escape e é na simplicidade das palavras que ele extravasa todo o seu sentimento.

Comments

comments

Talvez você goste de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *