Você vai amar de novo

Quando alguém parte seu coração você passa a desejar trancá-lo de alguma maneira para sempre. Você passa horas pensando em como seria mais fácil nunca mais se apaixonar por ninguém, arrancar fora todos os sentimentos e viver para sempre sem sentir. Você deseja descobrir um feitiço, uma fórmula mágica, qualquer coisa que faça com que seu coração se feche para sempre. Aconteceu comigo. E tá tudo bem sentir isso, alias, parece que quando a questão é sentimentos, seria bem mais fácil se não sentir mais nada, não é mesmo? Acho que não.

Eu realmente acho necessário trancar o coração quando alguém acabou de despedaçá-lo, acho que ele merece esse descanso e você também merece. É difícil voltar a acreditar nas palavras bonitas de alguém que surgiu repentinamente em sua vida, é difícil distinguir amor e carência, entregar o coraçãozinho bonitinho que você demorou todo esse tempo colando cada pedacinho para alguém. E se a pessoa que for recebê-lo não tiver cuidado e deixa-lo em pedaços de novo? É difícil acreditar que você vai conseguir abrir sua vida de novo para alguém e se deixar envolver por um sorriso, uma risada, um gosto musical. Acreditar que você vai sentir todas as misturas de sentimentos no peito de novo por outro alguém.

Eu só queria dizer para você ter calma. Seu coração correu uma maratona e está cansado. Ele não vai se fechar para sempre, você vai confiar em alguém de novo, vai conseguir retribuir o sorriso, vai conseguir sair debaixo das cobertas e aceitar o convite pro cinema, você vai amar de novo. Não force a barra com o seu coração e nem deseje trancá-lo para sempre, não é a solução. Não culpe a intensidade dos seus sentimentos porque alguém não soube recebê-los como deveria.

Talvez por hora pareça que você é incapaz de tirar alguma gotinha de amor do seu coração ou pode parecer que ninguém nunca vai te amar de volta e que seria melhor se você não sentisse nada por ninguém nunca mais. Mas isso é momentâneo. Deixa eu te falar, você vai amar de novo e receber o amor de volta. Você provavelmente vai quebrar a cara e ter o coração despedaçado mais algumas vezes, mas não esquece que você já foi capaz de colar cada pedacinho e com algum esforço ele voltou a bater. Eu sei que é um saco essa coisa de sentimentos e que parece ser melhor não sentir nada nunca mais por ninguém, mas não é a melhor opção. Tem uma analogia que compara nosso coração á um jardim e as pessoas á borboletas, talvez você tenha feito um esforço danado pra deixar seu “jardim” agradável, mas a borboleta não quis ficar, paciência, seu coração não deve ser gaiola para prender as borboletas que ainda desejam voar. Seu coração é jardim, e não é porque algumas borboletas não quiserem permanecer nele que você deve parar de cultivá-lo. Você á sua “borboleta” principal e merece morar no jardim mais bonito que existir.

Tenha calma, seu coração está aprendendo a se curar sozinho e dê esse tempo a ele. Cada vez ele fica mais forte e capaz de curar outros corações despedaçados por aí. Um coração partido não é um coração que deixou de amar, é um coração forte e experiente. Aos poucos os pedaços irão fixar totalmente.

Um coração partido é um coração que ainda sente, mesmo que agora ele só sinta dor e medo, acredite você voltará a confiar nas pessoas, você vai amar de novo.

21 anos, garota do interior, puxa bem de leve o ‘R’ na hora de falar. Viciada em café recém passado, seriemaníaca de carteirinha, apaixonada pelo céu, pelo Sol, por cachorros e pelo Dan, é claro. E escreve também no “O mundo da Lari”.

Comments

comments

Talvez você goste de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *