Sua toxicidade não vai contaminar meus sonhos

Acho que todo mundo já teve ou já foi uma pessoa tóxica na vida, né? Sempre trazendo negatividade, tristeza e tudo o que há de ruim. É meio que inevitável, elas não se controlam.

Às vezes nem é por mal. A pessoa tóxica vive presa na bolha em que a vida a prendeu. Deu tudo errado pra ela, e pela lógica, vai dar pra você também, né? Não. Não vai.

Não deixe ninguém ser sua âncora. Nade pra cima e, se possível, leve junto quem te quis embaixo.

Que nem todo sonho se realiza, todo mundo já sabe. Às vezes não era pra ser. Ou a vida não quis. Ou você não tentou o suficiente. Simples, acontece.

Ou não acontece.

Mas a grande questão é: não existe regra fixa na vida. Há lugar pra todo mundo. Talvez não no mesmo lugar. Mas há mais de um lugar. E cada um tem o seu.

Tem gente que libera acidez. Tem gente que funciona como areia movediça, te puxando pra baixo, e cada vez mais baixo, a cada segundo. Tem gente que emana caos, tristeza. Tem gente que quer carregar tudo e todos pra dentro do buraco negro que a vida o sugou.

Tem gente pra tudo no mundo. Tem gente que vai zombar dos teus sonhos. Tem gente que vai tentar te passar a perna. Tem gente que vai te plagiar e jurar de pé junto que a ideia era dele. Tem gente que vai te fazer desistir por ter um sonho igual ao dele, que fracassou.

E tem gente que vai te apoiar, te amar e te dar força pra seguir. Prenda-se a esse tipo de gente, esqueça o resto.

Escute bem: só você pode se atrapalhar na busca pelo teu sonho. A única pedra no meio do caminho é você. É escolha sua pular essa pedra e ir em frente, ou dar meia volta e continuar no zero.

Não dá pra controlar o pensamento alheio, mas dá pra controlar o próprio. Feche-se na sua positividade, entenda que dos seus sonhos quem cuida é você. E só você. Pessoas tóxicas sempre vão existir e, quanto há isso, não há o que fazer. Mas se você estiver bem por dentro, acreditar que tudo vai dar certo, não há toxicidade no mundo que contamine seus sonhos.

Que se dane o que se passa lá fora. Se aí dentro tá tudo bem, então é o que importa. Faz bem ser um pouquinho egoísta de vez em quando, pelo bem da sua saúde mental.

 

Taurina, viciada em Greys Anatomy e Taylor Swift, estudante de direito por obrigação e escritora por amor.
Dona do Palavras e Clichês

Comments

comments

Talvez você goste de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *