Se ele quisesse estar com você, estaria

Eu sei, apesar de parecer simples, é difícil engolir que alguém não quer a gente assim. Mas o fato é claro. Se ele quisesse estar com você, estaria aí. Ele não te liga, não responde suas mensagens, não vai te ver e, muitas vezes, já disse que não quer com todas as letras. Do que mais você precisa? É triste, mas ele não quer.

O tempo que passaram juntos pode ter sido incrível, ele pode ter demonstrado carinho, pode ter olhado nos seus olhos e dito que você é maravilhosa, pode ter sido um conto de fadas, não importa. Ele não quer mais. E isso não quer dizer que ele tenha mentido, que tenha sido falso ou tenha te usado. Não. Isso quer dizer que ele, agora, não quer mais e isso pode ser motivado por muitas coisas. Ele pode não sentir na mesma intensidade que você, pode apenas gostar da sua companhia, pode até ser que ele não ache você a pessoa certa.

Ele podia ir com você para praia, assistir aquela série com você, te mandar mensagem de bom dia e boa noite. Ele podia te beijar a testa, te abraçar apertado e embolar seus lençóis. Ele podia pegar na sua mão, te levar ao cinema e te olhar nos olhos. Ele podia sonhar com você, te chamar de namorada e planejar um futuro. Ele podia fazer tudo isso, se quisesse.

Você precisa enterrar essa falsa esperança que você ainda alimenta. Parar de esperar por ele e por cada migalha que ele pode ou não jogar para você um dia. Chega de passar o final de semana todo olhando para a tela do celular enquanto o mundo está aí, girando. Você precisa seguir em frente. Entender que passou, que ele não quer e que você não é culpada disso. Não há nada para corrigir ou consertar. É só uma escolha que ele fez e não um problema com você. Não tem essa de: “Ele está confuso e não sabe o que quer”. Todo mundo sabe o que quer e você não está na lista dele.

Atriz, escritora e paulistana. Acredita que o papel reflete mais do que o espelho. Apaixonada por livros, futebol, tequila, café e coca-cola. Buscando sempre o equilíbrio emocional e histórias inesquecíveis.

Comments

comments

Talvez você goste de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *