Apaguei tua conversa, mas não consegui te esquecer

Finalmente eu apaguei a tua conversa. Parece meio bobo, eu sei. Sei também que foram só alguns cliques na tela do celular e já estava tudo resolvido, mas vou te confessar que não foi tão fácil assim. Ver aquele reloginho girando devagar, me avisando que tudo estava sendo movido pra um limbo e sem chance de recuperação posterior,  me fez pensar. Em cada segundo de espera, uma lembrança das nossas conversas. Na maioria das vezes bobas e sem nada de mais. Em outras tinha um pedacinho do meu coração nelas. Meus pensamentos, meus desejos pra você e por você. Meus sentimentos…
Eu ainda não consegui entender como em tão pouco tempo você se tornou tão importante assim pra mim e ocupava metade dos pensamentos do meu dia. Na outra metade eu tava bolando um plano infalível pra conseguir te ver. NÃO FAZ SENTIDO! Não era pra eu ter me apegado tanto assim. Eu sabia desde o começo que você era maluca, mas foi essa maluquice toda que só me fez querer permanecer mais ainda do teu lado.‘Ainda dá tempo de tu fugir’. De tanto repetir isso, tu acabou fugindo mesmo e eu aprendi o poder que as palavras têm. Por isso eu tô aqui, repetindo mais que Chaves no SBT e Lagoa Azul na sessão da tarde: ‘Ainda dá tempo de você voltar’. 
 
Ainda dá, porque eu não tô ligando se são dias, meses ou que caralha que é o tempo. Sentimento não tem essa de ‘foi rápido demais’, tampouco prazo de validade. Se eu te quero agora, foda-se se é depois de uma semana, um mês ou de você terminar com teu ex. Foda-se a minha ex também. Acho que foi por isso que eu apaguei a tua conversa… Porque no primeiro sinal de você, eu já tô planejando loucuras pra poder te encontrar. Por falar nisso, hoje depois de muito tempo eu tô usando aquela camiseta que eu estava na última vez que a gente saiu. Achei um fio de cabelo teu nela e tô sendo espancado por um monte de lembranças. E antes que você me pergunte, sim, tenho certeza absoluta que é teu, por razões óbvias. 
 
Sua conversa finalmente sumiu da tela do celular. O próximo passo, talvez o mais difícil, vai ser tirar você do meu peito. Até olhei no pulso pra ver quanto tempo demorou, mas não achei nem o relógio,nem a vergonha na cara quando olhei no espelho. Menos de cinco minutos depois e teu nome já aparecia no topo das conversas recentes. Aperta o play nesse áudio que eu acabei de enviar, rapidinho. Enquanto você ouve, eu vou apagar a nova conversa, que talvez nem deveria ter existido.
Um aquariano na casa dos vinte, que brinca com as palavras e coloca os sentimentos na ponta dos dedos.

Comments

comments

Talvez você goste de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *