Você que determina aquilo que tem o poder de te deixar mal

Que a vida não é nada fácil isso todo mundo sabe, mas acreditar que tá difícil só para você nunca foi solução. Praguejar aos quatro cantos do mundo que a vida tá sendo muito injusta, não vai fazer que a situação mude. Bater o pé, espernear e esperar um milagre dos céus, não irá trazer seus sonhos no seu colo. O universo devolve aquilo que oferecemos. Eu sei que tá difícil. Para mim também está. Todo mundo está enfrentando um leão ou vários por dia. E sabia que não tem problema ter problemas? Meio confuso, né? Mas deixa que eu te explico…

Imagina só se sua vida fosse perfeita. Você acorda um dia no paraíso, numa casa no centro de Nova York, com vista para o Central Park. Um café da manhã de filme te espera. Você está acompanhada das pessoas que ama ou plena com a sua própria companhia, sua conta bancária está ok e todo o resto é perfeito. Você está exatamente no lugar que sonhou, mas o que você fez para chegar na realidade do seu sonho? Em que parte da vida entra as suas conquistas diárias?

Se tudo é fácil, não temos o prazer da conquista. Eu sei que algumas situações são mesmo cruéis e que não precisávamos sofrer tanto assim para chegar onde queremos. Mas a vida não foi feita para ser mamão com açúcar. Viver é ser forte, é enfrentar os problemas de cara e deitar a cabeça no travesseiro com a sensação de dever cumprido, porque o seu melhor foi dado. Às vezes, a tempestade pode ser intensa demais e você começará a acreditar que não dará conta, mas você aguenta sim. Você só saberá o quanto pode aguentar, quando sua única saída for ser forte.

Não limite sua vida só nos seus problemas. Olhe além do teto do seu quarto. Olhe as estrelas, a imensidão do céu e perceba esse mundo que gira mais rápido do que podemos acompanhar. Daqui um mês, um ano, você não estará mais sofrendo pelos mesmos problemas. Não fique presa às coisas que te acorrentam no chão. Não deixe seus problemas serem maiores do que você, porque você é a dona da sua vida. Você que determina aquilo que tem o poder de te deixar mal.

Você é gigante demais para deixar se abater assim, dê a volta por cima. Lute. Batalhe. Corra, mesmo que na chuva e permita-se sentir o vento no rosto. Saiba tirar um aprendizado de cada dificuldade. Coloca um sorriso no rosto até os outros te perguntarem o que mundo fez para você rir assim. Porque um dia você estará na janela do seu quarto, olhando o Central Park, com uma xícara de café na mão. É nessa hora que você agradece por todas as suas conquistas diárias. Por cada problema, cada luta e lágrima. Mas, lembre-se, não é só você que sofre.

23, mineirinha que vive no Espírito Santo. Vivo com a cabeça na lua, com os pés em Marte, mas o coração mora em Saturno, rodeado por anéis que a protegem do excesso de sentir. Tem coração que bate. O meu, escreve. Conheça meu blog também: 1 Quarto de Café

Comments

comments

Talvez você goste de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *