Pode falar, só que agora não vou estar mais aqui pra te escutar

LEIA OUVINDO: PODE FALAR – UM44K

Eu tentei te falar. Uma, duas, três vezes até, que segundas chances são dadas apenas uma vez. Te dei todo o meu tempo para me dizer apenas um motivo para ficar e, mesmo disposta a te escutar, você não voltou disposto a mudar. Você não voltou na intenção de ficar. Você, na verdade, não me quis de volta na intenção de me amar. 

Foi tudo uma questão de momento – e uma total perda do meu tempo. 

O momento em que eu percebi que estávamos caminhando em direções opostas, e ao te falar, você simplesmente resolveu ir embora e ignorar o que eu tinha para te dar – o amor que eu sentia, e você sabia.Só que as coisas não acontecem do seu jeito, quando você quer ou no seu tempo. Você não tem o direito de ir e vir quando quiser e só me procurar quando me vê sendo feliz longe. E aparecer, assim, do nada, dizendo que sentiu a minha falta e que dessa vez veio pra ficar – mas nunca vem. Basta um drink e uma visão de mim próximo à outro que logo sua cara de pau disfarçada de coragem vem me atormentar. Me lembrar de você – e do quanto já me fez chorar.

Eu te pedi pra tentar me mostrar que você conseguiria mudar e deixar seu lado egoísta de lado, para enfim, me mostrar que errei ao te julgar todo esse tempo, e que, na verdade, você podia, conseguia e queria, ficar. Que você podia e ficaria pra me amar.

Mas foi uma ilusão minha. Quis tanto você, que te ouvi me fazer mil promessas e, mesmo meu coração dizendo que era um erro meu, continuei.

E te vi partir. 

Sei que da última vez eu te pedi pra ficar, mas me desculpe, dessa vez eu quero – e preciso – que você vá. Não quero mais estar com alguém que parte sempre que sente as coisas ficando sérias.

Pode falar, mesmo que eu te dê mil chances, e te diga mil vezes que quero que fique, não é o suficiente pra você mudar. Pode ir, eu sei que sua intenção nunca foi ficar. Pode falar, só que agora não vou estar mais aqui pra te escutar.

Libriana de 21 anos que mora na Bahia e transforma em palavras tudo o que sente. Quer me conhecer melhor? Vem ler meu blog: O que sinto em palavras.

Comments

comments

Talvez você goste de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *