A CERIMÔNIA DO ADEUS

Sei que temos pouco tempo, e os dias que eu contava para o nosso pra sempre, hoje parecem páginas melancólicas de uma história que vai chegando ao fim…

E seu que você vai me deixar, e no fundo você sabe disso, tem até evitado de implicar com meu ciúmes, tem tido paciência comigo, e as vezes te pego me olhando, viajando, pra longe…

Para uma viagem além do tempo, com destino ao passado, como quem se pergunta como pode dar errado?
Como chegamos aqui…

E todos os nossos sonhos, nossos filhos, nosso ap? Não vai demorar muito, o nosso amor está em um estágio terminal, e talvez isso seja o pior…

Saber do fim e não poder fazer nada.

Então deixa eu deitar no teu peito, aproveitar os últimos capítulos de nós, e em uma dor silenciosa, com o peito gritando calado, em silêncio eu dizer adeus…

Escritor, palestrante e psicólogo 💙

Comments

comments

Talvez você goste de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *