Não me deixe escapar pelas suas mãos

Eu não costumo me entregar de corpo, alma e coração a alguém, então, por favor, não jogue esse meu risco fora, não faça com que eu tenha superado meus traumas passados à toa. Não faça dessa história completamente nova um grande drama a ser lembrado.

Você tem esse problema de deixar as coisas se encaminharem sem que você precise fazer algum tipo de esforço e não percebe que eu estou tão na sua que é capaz de eu ir embora no primeiro temporal que soprar… Não me deixe aos quatro cantos, não deixe com que a vida te diga se continuo ou não com você. Faça.

Faça com que eu continue, me segure bem forte e não tenha mais vontade de me soltar. Deita no meu colo e fica, fica até amanhã, até semana que vem, até ano que vem. Faça de mim o teu novo lar. Pode vir de mala e cuia, eu não ligo, inclusive já abri espaço no armário, mas fique. Prometa ficar e prometa se esforçar para que eu não voe.

Aparece aqui em casa sem que eu imagine e sem que eu precise ficar chamando, me conta como foi cada hora do seu dia, mas vamos apreciar nossos momentos de silêncio para refletir sobre nós, me leva para a natureza e vamos dormir agarradinhos sob as estrelas. Faz do teu ombro meu travesseiro e meu resguardo. Seja meu cobertor nas noites de frio e minha cabana em dias de tormenta.

Eu não preciso que você resolva nada por mim, eu aprendi a me virar sozinha, mas lembra de não deixar que eu me desequilibre, me fortalece, me lembra de me manter de pé sempre e me ajuda nessa caminhada e em todos os obstáculos que estão por vir. Faz de mim teu porto seguro, desabafa comigo sem medo e deixa eu ser a tua melhor amiga.

Me leva contigo pra todo e qualquer lugar, mesmo que não fisicamente, me leva nos teus pensamentos. Faz de mim tua preciosidade, tua joia rara. Anda comigo de mãos dadas por aí, me carrega para uma sala de cinema, vamos dividir nosso balde de pipoca, me chama para o jantar da tua família. Me convida para onde você for, eu não sei adivinhar se você vai me querer sempre por perto como eu te quero.

Vamos mergulhar juntos na oportunidade que estamos tendo, desfrutar da vida sem atrasos, conhecer experiências novas. Vamos construir uma casinha em cima da árvore e fingir sermos o Tarzan e a Jane, só para que a imaginação aflore e a rotina não se faça presente. Não precisa me trazer um colar de diamantes, eu aceito até um buquê com flores que você foi catando no meio da rua, desde que nesse buquê contenha o seu amor e carinho.

Se entrega para mim e deixa eu me entregar pra ti. Eu sou meio flor dente-de-leão, compreende? Se você não cuidar bem, não me segurar bem e não cuidar com a ventania, eu voo e voo pra bem longe e até você conseguir juntar todas as minhas pétalas talvez seja tarde demais.

Catarinense, escorpiana fervorosa, intensidade e impulsividade são seu sobrenome. Já passou por bons bocados e escreve para poder ser a conselheira quando o coração tá doído e sem coragem de pedir ajuda, acredita no poder que as palavras têm. Vive em uma constante evolução espiritual e emocional. Você sabe o seu nome, mas nem imagina sua história, você lê suas palavras, mas é impossível saber o peso que elas têm para ela. E quando precisar soltar o que o coração grita: danieledenez@gmail.com

Comments

comments

Talvez você goste de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *