A solidão é o terror da humanidade

A solidão é o terror da humanidade.

O ser humano ainda não aprendeu a lidar com a solidão, não aprendeu a lidar consigo mesmo. Não conseguimos nos aguentar na maior parte do tempo. Precisamos ficar entre multidões, consumindo algo ou conversando com alguém. Temos uma carência desnecessária em ter alguém o tempo todo, pois se ficarmos tempo demais sozinhos, pensando, a nossa mente começa a se autodestruir.

Lidar com a própria mente é assustador para algumas pessoas, a mente é um local perigoso de se explorar, mas é necessário. Ficar sozinho é necessário para o autoconhecimento. A solidão é um mal necessário para a evolução.

A solidão assusta quem tem medo de se conhecer. Viver a solidão é dolorido, mas resulta em um crescimento interno muito valioso que, posteriormente, ajudará a se resolver com o resto do mundo. Chega ser hilário o ser humano conseguir lidar com o mundo inteiro, enfrentar guerras, monstros, dificuldades… e ser derrotado pela própria mente.

Você só consegue evoluir quando aprende a lidar consigo mesmo em completa solidão. Você só vence o exterior quando vence a si mesmo. Pode ser que a maior batalha da vida de uma pessoa, seja a interna, e é uma batalha indispensável para a evolução. O que mais me deixa triste é saber que muita gente nem sabe o que é isso. Muita gente não faz questão nenhuma de se conhecer, passam uma vida inteira sendo guiados pela multidão, como mais uma cabeça no rebanho; não conseguem parar e pensar sobre o que sentem, o que querem, e não conseguem criar sua direção própria. Muitas pessoas se escondem o tempo todo atrás de suas máscaras e fingem estar tudo bem, com medo do julgamento externo. Mas só quem liga para o julgamento externo é quem ainda não se conhece o bastante.

A solidão é mais dolorosa para quem não se descobriu por completo. Aquele que não se conhece e precisa estar sempre em companhia de alguém para se manter bem, aquele que só não se sente vazio quando tem alguém do lado. Essas pessoas temem a solidão.

Uma alma vazia, uma alma que não se conhece, nunca se sentirá completa. Uma pessoa vazia sempre irá procurar a sua completude em outras pessoas e quem tem um interior bem resolvido, quem se completa, consegue se satisfazer tanto em companhia de alguém, quanto na sua própria companhia.  Quem tem um interior bem resolvido não precisa de aprovações para se sentir bem, e isso muda totalmente a maneira de enxergar a vida. Quem se completa não depende emocionalmente de outras pessoas, logo sua felicidade, sua completude, se torna mais palpável.

Mas somos humanos, precisamos nos entrosar com outras pessoas, precisamos de companhias, precisamos do calor humano, só não podemos nos preocupar tanto em estar em companhia de outras pessoas e esquecer como é ficar só. Esse é o mal da solidão, se esquecer ou não saber como é estar sozinho. Veja a solidão como um mal necessário, pois quem consegue viver sozinho, vive melhor (em companhia ou só).

 

Mineiro, apaixonado por música e literatura, arriscando-se inclusive a escrever algumas linhas.

Comments

comments

Talvez você goste de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *