Eu entendo que términos são difíceis e que sentimentos mudam o tempo todo. Eu entendo que fingir odiar alguém é mais fácil que assumir em voz alta toda a falta que ela faz. Mas nem sempre o caminho mais fácil é o caminho certo. Você deveria saber disso.

Ah, querido ex, eu tenho ciência de todas as vezes em que você falou mal de mim pros seus amigos. Sei que revirou os olhos ao ouvir meu nome e insiste em dizer que a culpa de tudo ter acabado é minha. Eu sei de tudo, imagino que essa era a intenção, me fazer saber do seu ódio gratuito, me fazer saber que você esqueceu. Mas eu sei, você não se esqueceu, assim como eu também não esqueci. Eu não esqueci dos beijos demorados, das voltas cansativas na praia, dos filmes chatos no cinema. Você não deve ter esquecido das vezes em que fiquei acordada a noite toda te aconselhando, enxugando suas lágrimas, colocando sua felicidade na frente da minha. 

Não precisa vestir uma máscara e sair por aí dizendo que eu errei. Nós dois erramos, a vida errou. Ou acertou. A vida aconteceu. Acabamos. O pra sempre pode acabar, ninguém precisa permanecer junto pra provar que deu certo. O fim não é o anúncio de um fracasso. Nem motivo pro ódio.

Você não precisa dizer que me odeia, fingir que me considera uma má pessoa. É mais fácil, eu sei. Admitir em voz alta que sinto sua falta é a coisa mais difícil que tento me controlar para não fazer desde o nosso fim. Mas é feio, não precisa dizer me odiar.

Eu sei que você pensa em mim quando escuta Ed Sheeran na rádio enquanto volta do trabalho. Sei que você lembra de mim quando muda o canal da TV e caí, acidentalmente, no Telecine e tá passando nosso filme favorito. Eu sei que você lembra de mim esporadicamente, sem motivo, só por lembrar. Só por costume. 

Eu também.

Por isso assumo em voz alta que não te odeio. Por que odiaria? Você marcou minha vida, me ensinou milhares de coisas, me fez crescer. Aprendemos juntos, vivemos juntos, rimos, choramos. E acabou, é fato. O encanto acaba e a gente precisa seguir nossa vida. Eu não vou te odiar por isso.

É mais fácil mentir, é mais fácil fingir. Mas no fim do dia eu sei que o coração só fala a verdade.

Taurina, viciada em Greys Anatomy e Taylor Swift, estudante de direito por obrigação e escritora por amor.
Dona do Palavras e Clichês

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *