Bom, eu não sou adivinha. Nem vidente. Mas sinto que você deve estar se questionando, questionando o Universo ou até Deus, o porquê de você estar passando pelo que você está passando. Têm horas que as coisas realmente ficam bem pesadas. Tudo fica difícil demais e você fica pensando para onde correr e pensa que chegou no fim da linha. Mas posso te contar um segredo? Você está onde tem que estar.

Você com certeza já ouviu falar que nessa vida tudo é aprendizado. Só que quando estamos desesperados, no ápice de nossas dificuldades, temos a mania de nos cegar. Nós vivemos tanto o obstáculo que estamos passando, que esquecemos de enxergar o aprendizado que aquilo está trazendo. Nos prendemos ao passado e ficamos pensando no que fizemos de errado para passar por isso. O famoso: “onde foi que eu errei? ”, e é esse o nosso erro: perdermos tanto tempo olhando pro passado e nos preocupando como será o futuro.

Concentre agora suas forças em evoluir a partir do que você está passando — porque você tem que passar por ele. Comece a enxergar sinais nele de como o solucionar. Invés de questionar no que você errou, concentre em questionar: será que é gigante assim o que estou passando ou eu quem estou achando ele grande demais? Qual ensinamento posso tirar disso? E principalmente, diga a si mesmo: problemas eu quem crio, o que estou passando é uma evolução.

Depois que superamos fases ruins, nós amadurecemos e evoluímos de uma forma surpreendente. É como se passássemos por uma nuvem de fumaça tóxica e saíssemos dela com mais oxigênio nos pulmões que antes.

Então, acredite que você está onde tem que estar agora, passando pelo que está passando, para você estar em um lugar muito melhor, estar mais fortalecido e passando por coisas muito melhores lá na frente. Coisas incríveis que se você passasse agora, você não teria a mesma maturidade e sabedoria que você terá após as turbulências da vida. Coisas que devem ser aprendidas agora, imediatamente! Encare o agora como a sua fase de transformação. 

Transformar ódio em amor. Guerra em paz. Mágoa em perdão. Medo em coragem. Perguntas em respostas. Ansiedade em calmaria. Insensatez em discernimento.

Analise seu amadurecimento, sua evolução, seu fortalecimento, sua transformação. E lá na frente, não necessariamente muito longe, você estará carregando uma maturidade gigantesca, um sorriso no rosto e a consciência de que nós estamos sempre onde devemos estar.

Futura publicitária, tenho 23 anos de vida. 14 anos traduzindo as batidas do coração. Minha alma gêmea é a escrita. Leonina raiz e protejo como uma leoa as pessoas que amo e meus ideais. Meu sonho é seguir à risca: plantar uma árvore, escrever um livro e ter um filho. Paulista criada em Minas Gerais, tudo na minha vida é “trem bão demais sô” regado a pão de queijo e café.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *