O ser humano tem uma mania muito feia de desprezar aquilo que ele já tem a certeza que tem. Eu não falo que só os homens são assim, porque se você puxar pela sua memória, aqueles rapazes que eram disponíveis demais pra você, rapidinho eles se tornam desinteressantes. Nós somos assim, é inevitável. Muitas amigas reclamam que o cara que elas estão saindo parou de ligar, de responder mensagem, deu aquela sumida. Ao invés delas agirem como ele agiu, elas fazem exatamente o contrário, elas vão atrás e se desesperam.

Deixa eu explicar uma coisa pra vocês. Quando a pessoa (não vou falar de homem ou mulher), percebe que o outro está totalmente disponível, perde a graça. Aquele jogo gostoso de conquistar, acabou. “Então eu devo ser difícil”? NÃO, não é isso. Você deve apenas ser você e viver a sua vida. O que eu percebo são pessoas totalmente dependentes um do outro. Deixam de sair com os amigos para sair com o pretendente na hora que ele quer. Respondem mensagens mesmo se tiver conversando com os amigos. Deixam de fazer o que sempre gostaram para atender, em primeiro lugar, o outro. Aí sabe o que acontece? A pessoa perde o interesse, começa se afastar, e você sobra. Sobra porque depositou toda a sua felicidade na outra pessoa.
PARA DE SER DISPONÍVEL!
Já está na hora da gente entender que o requisito primordial de um relacionamento é a reciprocidade. Muito tem se falado sobre reciprocidade, mas poucos vivem isso. Estão se sujeitando à relacionamentos feito de migalhas. Aceitando poucos minutos de felicidade em troca de dias de sofrimeto.Não, chega disso na sua vida!
Se a pessoa não te quer, problema é dela. Não é você quem precisa se adequar na vida do outro, são os dois tentando fazer dar certo. Se você não tem personalidade para definir o que é bom pra você, então quem terá? Chega de desmarcar seus compromissos para atender a vontade do outro. Chega de procurar por onde ele está o tempo todo. Chega de ir atrás com lágrimas, ameaças e dramas. Meu Deus, você é muito maior que isso!
Procure por relacionamentos que te deixem segura e que te façam bem. Toda vez que você perceber que, mais uma vez, está deixando os seus interesses em baixo, redefina todas as suas atitudes.
Você será valorizada quando valorizar o seu tempo
Você viverá um relacionamento de reciprocidade quando aprender dizer as coisas que você quer
Não se torture mais do que já tem feito, você tem capacidade pra brilhar, não te disseram isso?

Eu sou aquela pessoa que veio pra te tocar com palavras, e dividir algum conhecimento que eu adquiri.
Eu fico louca quando alguém pega um texto meu e leva pra sua vida. É como se um pedaço de mim servisse para o outro. Todas as minhas experiências eu compartilho com amor.
No final das contas, minha intenção é saber se o que escrevi fez a diferença.
Possui a página Déborah Izy no Facebook, curta lá 🙂

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *