Eu deixei de conhecer você

Eu aposto que você está largado no seu sofá de dois lugares enquanto assiste algum filme de aventura na televisão. Deve estar cansado da semana de trabalho, dos chopps com os amigos da faculdade e até mesmo, cansado de atender o telefone sempre que aquela ruiva bonita te liga. Você sempre foi meio cansado assim. […]

Continue Reading

Uma carta pra amante do meu namorado

Quero começar esta carta dizendo que eu nunca de fato pensei em te escrever até pouco tempo atrás. Pensei que você não fazia mais parte dos meus sentimentos ou da minha vida. Pensei que você era passado, apenas porque já passou. Mas estava enganada, você está engasgada em mim, você ficou. Você foi o sangue […]

Continue Reading

Você não me representa

Não me venha com essas palavras ensaiadas dignas de um bom filme de comédia romântica, esse jeito confiante misturado com esse olhar de quem diz que sentiu minha falta – mesmo sem ter sentido de verdade – e esse sorriso lindo que eu demorei tanto pra bloquear do meu whatsapp. Não me venha com esse […]

Continue Reading

Vai que a gente se esbarra de novo?

E eu te digo com toda a precisão do mundo que ainda que eu pudesse controlar o fim, rebobinar todos os momentos, pausá-los e analisá-los minunciosamente procurando a hora certa de intervir, eu não faria. Ainda que eu tivesse o poder de evitar aquela briga, de não entrar naquela rua ou de fazer com que […]

Continue Reading

Era medo de te perder

Você nunca entendeu meus medos. Você achava engraçado, caçoava de mim até eu ficar vermelha de raiva com os braços cruzados na frente do peito. Você morria de rir mesmo, dava aquelas gargalhadas altas que faziam meu mundo inteiro tremer. Daquelas que fazem a barriga doer e as ruguinhas ao lado dos olhos aparecerem. Você […]

Continue Reading

Não se apaixone por mim

Posso te pedir um favor? Não se apaixone por mim. Não deixe sua cabeça virar um nó que só e acabar deixando você enrolado em alguém como eu. Mas por quê? Porque eu sou complicada, amor. Eu gosto de uva hoje e amanhã eu não gosto mais. Eu sou uma eterna incógnita.  O X que […]

Continue Reading