Rumo à minha nova história

Published on :

A noite ia ser perfeita. A produção estava a mil e meu coração pulava ao ritmo da música que eu já imaginava dançar na pista. Minha mente criou um cenário ideal para a minha noite brilhar feito cristal. Bom, meus olhos brilharam e não foi de alegria, assim que te vi… Entre um mar de […]

Mais um dia ao teu lado

Published on :

Hoje eu sonhei contigo. Estavas tão lindo e com o cabelo meio jogado para o lado, mas também com aquele bom e velho toque arrepiado que tanto amo. Esbanjando uma roupa comum e um semblante não tão tradicional, teu jeito era estranho e nem por um segundo consegui me lembrar de já ter te visto […]

A gramática do coração

Published on :

Sou sujeito simples. Aquele que inicia ou em alguns casos está perdido no meio da oração. Sou o sozinho, o não composto. O oculto ou indeterminado que assim como está ali, pode sumir e tudo fará sentido mesmo com a minha ausência. Sou a primeira pessoa do singular, pronome pessoal do caso reto. Vago entre […]

Efeito madrugada

Published on :

Nunca fui uma pessoa muito fácil de entender. Tenho meus problemas existenciais e sentimentais. Choro com propaganda de margarina e aquela cena do final da novela me faz suspirar durante os próximos três meses. Compro livros pela capa e os escolhidos são sempre aqueles nos quais existe um casal feliz (ou quase) de frente. Choro […]

É ele

Published on :

Te olhei e pensei: ‘’É ele’’. É ele que eu quero para fazer da minha vida muito mais que uma simples existência. É ele que merece o meu carinho meio bobo, mas que transborda paixão. É ele que vai distrair meus pensamentos e me deixar com aquela cara de palhaça, perdida em devaneios e que […]

Saudades da gente

Published on :

Não me arrependo de exatamente nada do que fiz ou disse, jamais poderia, afinal, eram apenas meus sentimentos e eu não seria capaz de ficar mais um só dia com eles entalados na minha garganta apenas por medo de perder você. Perdi, mas tenho plena consciência de que foste por vontade própria, por simplesmente não […]

Tu és feliz ou só sorri?

Published on :

Puxei a carteira da bolsa e entreguei o ingresso ao segurança juntamente com minha identidade. Ele olhou, fez uma cara de desconfiado e depois de muito delongar, finalmente me deixou entrar. Essa carinha de 15 anos sempre me causando problemas e me deixando em situações constrangedoras, mas o importante é que entre uma piadinha e […]