Até algum dia (ou nunca mais)

Eu não sinto mais medo. Eu deixei o medo ir embora no meu primeiro adeus. E, desde que você chegou, eu realmente quis muito não precisar me despedir. Mas, para ficar, você precisava aceitar que eu sou eu e não vou mudar – nem por você e nem por ninguém além de mim -, o que você não conseguiu. Eu não […]

Continue lendo...

Um fio gigante de saudade

Um provérbio chinês diz que pessoas destinadas a se encontrarem estão conectadas por um fio. Esse fio pode se esticar, se enrolar, envelhecer, mas nunca romperá. Li isso outro dia e tudo fez sentido. Lembrei de nós.  Lembrei de toda aquela angustia. Lembrei de quando tentei não lembrar. Lembrei do seu sorriso estranho. Lembrei que o seu […]

Continue lendo...