Para todos que já perderam alguém

Published on :

Eu ainda vejo seu rosto na multidão. Mas nunca é você. A moto vermelha cisma em aparecer na minha frente toda vez que atravesso a rua, me deixando com o coração na mão. Assim, despedaçado. Minha visão brinca comigo e quando acaba a brincadeira, sinto que não há mais nada. Eu ainda escuto a sua […]